Moda, Arte e Viagem

Fio_Laranja.png

“Sheikha Mozah a Mulher Mais Fashion

e Influente do Mundo Árabe”

Por Naura Cox

1.jpg

Talvez Mozah tenha tido sorte com seus pais e marido. Ela nasceu na família de um proeminente empresário do Qatar. O pai não se importava que sua filha tivesse sido educada como socióloga em Universidade Nacional do Qatar.

2.jpg

Casou-se aos 18 anos casou-se com o príncipe herdeiro do Qatar Hamad bin Khalid’s Al Thani , que permitiu que ela se formasse .Além disso Mozah concluiu um estádio em Universidade Americana de renome.

3.jpg

Sheikha é mãe de 07 filhos.O ex Emir tem 3 esposas oficiais .No entanto foram os filhos dela que herdaram o título. Seu filho Tamin bin Hamad Al-Thani é o atual Emir do Qatar desde 3 de junho de 1980.

4.jpg

Quando falamos do oriente médio é muito importante lembrarmos que a região por motivos culturais e religiosos acaba alimentando hábitos machistas que passam de geração a .geração . Ela é um exemplo na luta pelos direitos humanos.

5.jpg

É uma mulher que mesmo não estando à frente de cargos políticos exerce um papel de influenciadora dentro das políticas públicas do país.

6.jpg

Ela é engajada em projetos de educação e desenvolvimento social mundo afora e é enviado para a Educação , Ciência e Cultura ( Unesco) para Educação Básica.

 

Sheikha e a Moda

7.jpg

Acima ele veste um Dior.

Sheikha é um exemplo sem precedentes de como uma mulher , permanecendo em um país oriental tão conservador foi capaz de se tornar um ícone de estilo e uma das pessoas mais influentes na arena política.

8.jpg

Seu gosto pela moda é tanto que se reflete nos investimentos da família real.

Acima Sheikha usa Valentino uma das suas marcas preferidas.Ela era a melhor cliente da grife Valentino.

O Primeiro barulho causado pela Dinastia Al Thani no mercado de luxo aconteceu em 2012 quando a família adquiriu a Grife VALENTINO, na época por 700 milhões de Euros( €700 mi)

11.jpg

Em 2016 foi a vez de comprar a marca francesa BALMAIN por 500 milhões de euros.

12.jpg

Em 2010 o Fundo Soberano do Qatar comprou à Harrods por 1.5 bilhões de libras ( £ 1.5 Bi) o grupo também comprou em 2013 a Printemps de Paris por £ 1.75 Bi).

13.jpg

Joias de Sheikha Mozah

14.jpg
15.jpg
16.jpg
17.jpg
18.jpg
19.jpg
Fio_Laranja.png

Maison Lesage

Haute Couture Embroidery

 

Por Naura Cox

1.jpg

De origem Normanda Francois lesage é filho de Alberto e Marie Louise Lesage.
Em 1924 o casal assumiu o atelier de bordado Michonet.Assim que Albert e Marie Louise assumissem a oficina se destacaram nas casa de alta costura pela inventividade.

2.jpg

O filho deles Francois Lesage continuou a perpetuar estes gestos ancestrais que são o bordado a agulha e o crochê Lunéville do nome da cidade onde foi desenvolvido em 1867.

3.jpg

Strass, lantejoulas, penas, couros, botões, fitas, laminas.

 

Maison Lesage e os grandes nomes da Alta Costura

Consomem também cem milhões de lantejoulas, e trezentos quilos de pérolas são usadas pelas bordadeiras Lesage.

 

Yves Saint Laurent

Para a coleção de Alta Costura Inverno 1988 de Yves Saint Laurent, a Maison Lesage mobilizou nada menos que 45 bordadeiras durante 3 semanas para bordar 18 modelos com microperolas e lantejoulas no espírito do pintor Pierre Bonnard.

9.jpg

As jaquetas Íris e Girassóis de Van Gogh para a coleção verão 1988 de Yves Saint Laurent cada uma exigiu 600 horas de trabalho. A jaqueta Íris foi composta de 25.000 pérolas, 250 metros de lantejoulas de 22 cores e 250 metros de fita.


Elsa Schiaparelli

Até o fechamento da sua Maison em 1954 Elsa Schiaparelli realizou todos seus bordados com a Maison Lesage.

 

Chanel

12.jpg

Em 1983 Karl Lagerfeld recém chegado à Chanel, estabeleceu uma relação profissional com a Lesage.
Ironicamente, Gabrielle Chanel nunca quis trabalhar com a Lesage, intimamente ligada à sua rival Schiaparelli,

 

Oscar de La Renta

Jean Paul Gauthier

15.jpg

Lanvin

16.jpg

Prêmios e Reconhecimento

17.jpg
  • O Know How de Francois Lesage foi celebrado em 1988 com a monografia” Lesage, Mestre Bordador da Alta Costura” Pálmer White.
  • Uma Exposição também o homenageia no “Palais Galliera em Paris, depois no “Fashion Institute of Technology“ em Nova Iorque (1987), na “Fashion Foundation“ em Tóquio (1989) , “Los Angeles Country Museum of Art” (1991);

 

PRÊMIOS:

18.jpg

⦁    Grande Prêmio Regional de Artesanato (1984)
⦁    Lesage foi promovido a “Cavaleiro da Ordem das Artes e Ofícios” (1985)
⦁    Foi elevado ao posto de “Comandante da Ordem das Artes e das Letras” (2003)
⦁    Em 2009 ele recebeu o Prêmio Francês de Excelência.
⦁   Em 23/11/2011, Frederick Mitterrand Ministro da Cultura e Comunicação distingiu Francois Lesage, nomeado Mestre Honorário da arte para toda a sua carreira.

 

Citações:

19.jpg

“Para mim não existe Alta Costura sem bordado” - Karl Lagerfeld

20.jpg

“ Para meu querido amigo Monsieur Lesage, que ao longo dos anos me trouxe seu maravilhoso talento, sua preciosa ajuda, sua amizade constante. Com minha admiração e carinho” - Yves Saint Laurent

21.jpg

“Nos desempenhamos nosso papel no Reino da imaginação.O Bordado pode ser o sonho de uma mulher” - François Lesage

22.jpg

“Um bordado Lesage é antes de mais nada um verdadeiro luxo: A técnica desvanece sob a arte, o tempo passa sem contar para o efeito mais impalpável, opulência com elegância” - Christian Lacroix

23.jpg

“Francois Lesage é um verdadeiro mágico , que transforma o menor material em pura joia” - Jean Louis Schefer


Herança: Escola de Bordados Lesage

24.jpg

Francois Lesage queria transmitir se excepcional Know How e em 1992 inaugurou sua escola de bordado em Paris.

Fio_Laranja.png
e4d33b80314b4f7980cf5cdc6858bbb5.jpg
Fio_Laranja.png

“A Arte Inspirando

O Designer Yves Saint Laurent”

Por Naura Cox

1.jpg

Do vestido inspirado em Mondrian ate a chegada a Pop Art, confira como o artista foi pioneiro ao inserir as artes plásticas no universo da moda.

 

Pier Mondrian

2.jpg

Em 1965, assistimos à primeira homenagem artística de Yves Saint Laurent, que retoma a essencialidade das linhas de Mondrian. Tal coleção é o primeiro exemplo de como o artista consegiu traduzir uma tela sobre o tecido.

3.jpg

“Reprodução em Vermelho, azul e Amarelo” de Pier Mondrian.

4.jpg

O objetivo é realçar o minimalismo de cores e geometrias, colocando ênfase nos limites verticais do vestido propondo ao seu publico uma nova forma de arte: A Pop Arte.

 

Tom Wesselmann

5.jpg

Em 1967 ele criou uma coleção Pop Arte que com seus empréstimos de Wesselmann  rompe definitivamente as barreiras entre arte e moda de acordo com o espírito de Andy Warhol.

6.jpg

Henri Matisse

7.jpg

Em 1980 Yves Saint Laurent experimenta jogos de cores “Les Robes Matisse” caracterizado pela violência típica do Movimento Fauvista sobre tecido.

8.jpg

Cores brilhantes e únicas como o e um vestido vermelho, verde,laranja e azul são trazidas para a saia longa de um vestido de noite.


Estas são as cores do conhecido quadro “La Gerbe” de Matisse de 1953.

 

Pablo Picasso

9.jpg

Em 1988, a homenagem a Picasso uma construção de casacos em saias pretas com linhas essenciais.

10.jpg

Capas de Yves Saint Laurent reporta a obra “Mandolino e Chitarra“ em 1924 de Pablo Picasso.


Os quadris, o arabesco da vida, são destacados através do contorno da guitarra o que ajuda a explodir a musicalidade do corpo de um casaco.

Van Gogh

14.jpg

Os lírios e os girassóis de Vicent Van Gogh, pintados no século 19 foram parar nas jaquetas de Yves Saint Laurent em 1988.

Georges Braque

17.jpg

Capuz assinado Yves Saint Laurent que relata a obra “Duas aves sobre o fundo azul“ de Braque.

 

YSL arte e Moda nos Museus

“As roupas de Yves Saint Laurent trazem consigo um significado importante, o de saber fazer da moda uma arte.Ativo, elegante, inesquecível, ele é o arquiteto do estilo chic-moderno, reescrevendo assim a História da Alta Costura.

Fio_Laranja.png

A História

do Jeans

Por Naura Cox

1.jpg

Inventado em 1800, o Jeans foi adotado por mineiros, cowboys, lendas de Hollywood, rebeldes da contracultura, estrelas do Rock e pela Alta-Moda ao longo dos últimos dois séculos.

 

Jean (denim)

2.jpg

A palavra Jean ( termo francês) nasceu em 1800 em referência a um tecido de algodão para fabricar calças manufaturado na cidade francesa de NIMES. Servia para confecção de roupas para trabalho no campo e para longas viagens de marinheiros. Nessa época era pouco maleável e tingido em tons de marrom e era chamado tecido de Nimes, depois foi abreviado para Denim.

 

Levi’s Strauss

3.jpg

Não muito tempo depois em 1837 já na era da corrida do ouro, o tecido com toda sua tecnologia resistente, chamou a atenção do alemão Levi Strauss . Visionário importou o material para o solo americano.

4.jpg

As calças jeans como conhecemos hoje (feitas de jeans tingido de índigo com bolsos e rebites resistentes e adequadas para roupa de trabalho) foram patenteadas nos Estados Unidos por Jacob Davis, um alfaiate, e Levis Strauss dono de Fábrica de tecidos em São Francisco,

Assim em meados de 1860, nascia a primeira calça Levi’s a 501.  O triunfo da Levis Strauss & Co neste mercado é inegável e podemos dizer que sua criação foi a responsável por tornar as calças jeans um item indispensável nos guarda-roupas dos dias de hoje.

 

Quem tornou a calça jeans popular

 

Após a patente, no entanto, a história vida calça jeans demoraria mais de 80 anos para sair das minerações e fábricas e passar para o cotidiano das pessoas.

7.jpg

Apenas em 1950, quando o ator americano James Dean, o “Rebelde Sem Causa” passou a adotar as calças jeans como vestimenta, a peça se tornou popular.Dentro da concepção histórica, não era aceitável o uso de calças jeans, já que se tratavam de roupas de “baixo escalão“.

8.jpg

Rapidamente outros atores, cantores aderiram ao jeans.

9.jpg

Algumas décadas mais tarde, mais especificamente entre 1960 e 1970 as calças jeans se tornariam ondinas de resistência e contracultura de alguns grupos.

10.jpg

O movimento hippie, que prospetava pelos direitos da classe trabalhadora da época e ativistas feministas, que lutavam pela liberdade e igualdade de gênero, são alguns exemplos.

11.jpg

Como surgiu o Jeans no Brasíl

 

O jeans se popularizou de vez depois da segunda guerra mundial (1939-1945)

 

Primeiro Modelo (Rancheiro)

12.jpg

Em 1948 a fábrica de roupas AB lança seu primeiro modelo nacional, as calças “Rancheiro” as peças também eram feitas em brim azul, contudo o público não foi receptivo. Afinal, o tecido era muito duro e nem de longe era confortável como as feitas fora do Brasil.

 

Segundo Modelo (Rodeio) 

13.jpg

Passada quase uma década, As Alpargatas do Brasíl  lançou em 1957 um modelo de jeans nacional uma nova versão do então famoso jeans americano. O modelo chamado de “Calças Rodeio “ foi bem recebido.  Em sua publicidade, a marca explora a mesma referência usada nos Estados Unidos “O mundo dos cowboys “.  Neste sentido, pouco depois surgiu o modelo Far-West( faroeste) que, como se afirmava na propaganda da época: “Eram calças que resistiam à tudo”

 

Calça jeans nos dias atuais:

14.jpg

Victoria Beckham 

15.jpg

Princesa de Gales

16.jpg

Alexander MCQueen

17.jpg

Design Indiana

18.jpg

Junya Watanabe

19.jpg
Fio_Laranja.png
e4d33b80314b4f7980cf5cdc6858bbb5.jpg
Fio_Laranja.png

“Quem foi Dener

na História da Moda Brasileira?”

Por Naura Cox

1.jpg

Biografia 


Dener Pamplona de Abreu, ou apenas Dener, foi um dos pioneiros da alta costura no Brasil. Nascido no Para em 1937, foi no Rio de Janeiro que descobriu seu amor pelo mundo fashion, ainda adolescente.

2.jpg

Aos 13 anos começa a desenhar seus primeiros modelos, quando foi trabalhar na famosa Casa Canadá, uma boutique destinada a classe alta fundada nos anos 30.

3.jpg

A Casa Canadá foi o centro pioneiro da Alta Costura no Brasil.As donas compravam vestidos de alta costura em Paris e vendiam no Brasil. As suas modistas também reproduziam vestidos da Alta Costura parisiense para suas clientes.

4.jpg

Adalgisa Colombo no desfile da casa Canadá.

5.jpg

O objetivo da Casa Canadá não era exatamente iniciar a Alta Costura genuinamente brasileira.Esse desafio seria assumido por alguns estilistas, especialmente Dener Pamplona Abreu que inclusive foi considerado um dos criadores da Alta Costura Brasileira.

6.jpg

“Eu criei a Moda Brasileira, um estilo próprio nosso, que fez com que as grandes Senhoras do país não precisassem mais se vestir na Europa”-Dener.

7.jpg

Ao abrir o seu primeiro atelier em São Paulo, Dener quebrou o tabu, afinal ele passou a criar para as socialites em uma época em que a referência de moda era Paris, e quando no Brasil só existiam modistas que copiavam as criações francesas.

8.jpg

Denner foi realmente o grande percursor da Alta Costura brasileira: fugia da comodidade do copiamos, desenhando para clientes de acordo com o seu físico, idade, gosto e consonância com o nosso clima tropical.

9.jpg

Para criar sua imagem Dener assumiu um verdadeiro personagem. A sua grande inspiração? Oscar Wide, o escritor e dramaturgo britânico que viveu no século XIX e foi o símbolo do “Dandismo”. A imagem do homem de bom gosto e senso estético apurado, marcada pela sobriedade e elegância.

10.jpg

Entre as damas da alta sociedade que vestia estavam Trussardi (na foto Maricy Trussardi), Matarazzo, Simonsen.

Foi Padrinho e fez o vestido de casamento da cantora Elis Regina com Ronaldo Bôscoli.

13.jpg
14.jpg

Noiva de Dener

15.jpg

Sarah Kubitscheck 

16.jpg

O reconhecimento não demorou a chegar. Afinal a partir de 1958 Dener passou a ter muitas clientes famosas. Entre elas a então primeira dama Sarah Kubitscheck (foto acima).

 

A relação de Denner com Maria Tereza Goulart

17.jpg

Na sua posição privilegiada, a jovem primeira dama começou a optar pela Alta-Costura brasileira que então surgia.

18.jpg

Tornou-se cliente assídua de Dener Pamplona de Abreu que seria por algum tempo o responsável pelo seu guarda-roupa. Dener esteve de fato muito presente na vida da primeira dama. Há quem diga que eram inclusive amigos pessoais.

19.jpg

Casamento de Dener

20.jpg

Em 1965, contrariando os rumores da sua sexualidade, se casou com a modelo Maria Stella Splendore, de apenas 16 anos.O casamento durou apenas 4 anos. Denner voltaria a casar com uma cliente de seu atelier em 1975 mas acabou em 1977.

21.jpg

Sua Morte

22.jpg

Morreu aos 41 anos de Cirrose Hepática fruto do seu alcoolismo.

“A realização do artista só vem no fim , com a sensação da morte”
Dener Pamplona de Abreu 
(1937-1978)

Fio_Laranja.png

Elsa Schiaparelli:

 

A História de Uma Estilista Genial - Parte II

Por Naura Cox

1.jpg

lsa e o Surrealismo

 

Elsa transformou o Surrealismo em moda, adotando o seu princípio de retirar objetos comuns do seu ambiente habitual e apresentá-los em um contexto totalmente diferente de suas coleções.

2.jpg

Schiaparelli foi atraída para a liberdade imaginativa do trabalho dos artistas surrealistas com quem fez amizade no cenário social de Paris, levando inúmeros projetos colaborativos.

3.jpg

Os projetos criativos de Elsa com estes artistas variaram da fotografia à concepção de acessórios, frascos de perfume, tecidos e vestuário.


Eles ampliaram seus limites criativos para além das preocupações comerciais do mundo da moda e a entusiasmaram.

4.jpg

As colaborações mais famosas de Elsa Schiaparelli são sem dúvida com Salvador Dali e Jean Cocteau.

5.jpg

Jean Cocteau colaborou com desenhos que foram estampados em casacos, vestidos, acessórios com o cinto com fivelas de mãos e joias.

6.jpg

Schiaparelli e Dali

7.jpg

Uma das parcerias mais frutíferas de Elsa Schiaparelli começou no final de 1936 com o pintor Salvador Dali.

8.jpg

O “Chapéu Sapato” em feltro e veludo da coleção outono/inverno 1937/38 foi criado para ser colocado na cabeça com o salto para cima. Foi inspirado em uma imagem de Dali com o sapato da sua esposa GALA colocado no ombro.

9.jpg

Vestido lagosta criado para a duquesa de Windsor Walis.

“Vestido Esqueleto“ com enchimentos que simulam os ossos das costelas e da bacia.

12.jpg

Homenagens a Schiaparelli 

13.jpg

Dior e o Surrealismo

14.jpg

Christian Lacroix em 2013

15.jpg

Metropolitan Museus de artes  faz uma retrospectiva não convencional da estilista Elsa Schiaparelli.

16.jpg

Na foto a Editora da Vogue Anna Wintur, com uma releitura do icônico vestido Lagosta na abertura da exposição do Metropolitan em maio de 2013.

17.jpg

A vogue homenageia Schiaparelli e faz uma capa com Lady Gaga !

18.jpg
Fio_Laranja.png

Elsa Schiaparelli:

A História de Uma Estilista Genial - Parte I

Por Naura Cox

1.jpg

Visionária, Inovadora, ousada e surrealista, a estilista italiana radicada em Paris é muito mais que apenas a rival de Coco Chanel. Conheça mais sobre a vida dessa mulher genial.

 

Biografia

2.jpg

Ela nasceu em Roma em 30 de setembro de 1890 (teria 132 anos), no Palazzo Corsins, filha de uma família abastada e muito erudita. O Pai diretor da Academia Nazionale dei Lincei, uma instituição dedicada ao desenvolvimento científico. A mãe uma aristocrata, era descendente dos Medici, uma importante dinastia política italiana.


O avô reitor da Universidade de Roma, e o tio avô astrônomo, foi o primeiro a criar mapas de Marte, entre 1877/1890.

3.jpg

Elza era fascinada por Historia Antiga, Mitologia e Religião. Criava mundos de fantasia em sua cabeça e sonhava em ser atriz, mas por influencia da familia de intelectuais, estudou Filosofia na Universidade de Roma.


Em 1911, aos 22 anos escreveu uma serie de poemas inspirados em ARETHUSA ninfa da mitologia. Os poemas tinham cunho explicitamente social, o que assustou os pais de Elsa.

 

O Encontro de Elsa Schiaparelli com a Moda

 

Paul Poiret

4.jpg

Ela tinha 32 anos, e foi ai, então que Ela e a Moda se encontraram. Ela foi ao atelier de Paul Poiret, um grande estilista da epoca, acompanhando uma amiga. Ja que estava la, experimentou alguns vestidos. Poiret ficou encantado com o estilo peculiar de Elsa, e sugeriu que ela pegasse emprestadas quando quisesse.


Foi quando ela conheceu a Alta Costura, o que a levou a desenhar roupas.

5.jpg

Em 1927 ela fundou sua marca, e no ano seguinte inaugurou um espaço com Ateliês e escritórios no numero 4 da Rue de la paix, ‘em Paris pertinho da Place Vandôme, epicentro da moda à epoca.

6.jpg

A personalidade forte e ousada de Schiaparelli ficava evidente em suas criações inovadoras e, consequentemente, atraia mulher que também se  identificavam com esse estilo.

7.jpg

Entre as clientes a duquesa de Windsor Wallis Simpson( foto acima),Marlene Dietrich, Vivien Leigh, Lauren Bacall, Katherine Hepburn e Marlene Dietrich entre outras.

8.jpg
9.jpg

Acima a modelo Shari Herbert com um vestido que simulava deixar a lingerie à mostra, que era ousado para a época

 

Visionaria e Pioneira

 

1- Criou a Cor Rosa Choque

 

Elsa radicalizou, misturando doses de azul e vermelho ate chegar no magenta vibrante que se transformou numa especie de assinatura para a marca

10.jpg

‘Em 1937 Elsa Schiaparelli colocou no mercado o perfume SHOCKING.O frasco tinha o formato do torso de um manequim, inspirado no corpo da atriz Mae West.  A publicidade da nova fragrância tinha como fundo a cor inusitada: O Shocking -Pink ou em bom português, O Rosa Choque.Ate então, o cor-de-rosa era usado moderadamente na moda, e em geral em tons mais claros ou puxados para o pêssego.

11.jpg

O Rosa-Choque passou a marcar presença em vestidos , acessórios e ate no figurino de “Moulin Rouge” Filme de 1952 estrelado por Zsa Gabor. Se hoje voce tem e ama itens rosa-choque no seu guarda-roupa, pode agradecer a Elsa Schiaparelli.

 

2-Criou Os Vestidos Envelopes

naura.jpg
12.jpg

Criou os vestidos envelopes muito antes de Diana Von Fürstenberg nascer, e propôs o uso de vestidos de festa com elaboradas jaquetas por cima, uma inovação de styling.

 

3- Pioneira, cria e patenteia o maiô com sutiã embutido na peça para dar sustentação aos seios.

13.jpg

4- Colocou zíperes aparentes nos vestidos de Alta Costura
Eram decorativos e tambem funcionais.

 

5-Criou a Saia tambor

14.jpg

Incansavelmente inovadora e elegante, Elsa Schiaparelli usou uma saia Tambor (saia calça) de seu próprio designer em Londres em 1931.

Mais tarde naquele mesmo ano a tenista Lilia Alvarez competiu em Wimbledon em um estilo semelhante.

Parte II na próxima semana.

Fio_Laranja.png
naura.jpg
Fio_Laranja.png

“Os Melhores looks da Realeza e Convidados no

funeral da Rainha Elizabeth II”

Por Naura Cox

1.jpg

Kate Middleton agora conhecida como Katherine, Princess of Wales, mesmo título usado pela princesa Diana , homenageou a Rainha Elizabeth II O usar uma gargantilha que pertenceu a própria monarca. A joia tem quatro fios de pérola e um fecho de diamantes, e já tinha sido usado pela própria Katherine no funeral do Príncipe Felipe em 2021.

2.jpg

Sempre aplaudida com sua moda não decepcionou no funeral. 

3.jpg

O bisneto da Rainha, o príncipe George (9 anos) que se tornou o segundo na linha de sucessão usou um terno azul escuro com gravata preta.

4.jpg

A jovem princesa Charlotte (terceira na linha de sucessão), usou um vestido clássico vestido de veludo preto plissado e um chapéu de abas largas. Usou um broche de diamantes em forma de ferradura para honrar o amor da bisavó por cavalos! O broche foi um presente da Rainha para Charlotte.

5.jpg

Meghan Markle além dos brincos de pérolas e diamantes que ganhou da Rainha Elizabeth II, também escolheu um vestido especial com capa preta da Stella McCartney. Este modelo já havia sido usado anteriormente, mas em azul em 2018 num evento em homenagem ao 92 aniversário da Rainha. Usou chapéu preto de Stephen Jones.

6.jpg

Zara Tindall filha da princesa Anne e nata mais velha da Rainha usou um vestido da Laura Green. Fascinator de Juliette Milenaire.

7.jpg

Princesa Eugene e Princesa Beatrice (irmãs) filhas do príncipe Andrew filho da Rainha.
Ambas super elegantes. Beatrice vestiu um casaco tipo smoking com um vestido de renda Louis Vuitton.

8.jpg

Rainha Rania e Rei Abdullah II da Jordânia

9.jpg

Rainha Letícia e o Rei Felipe VI da Espanha!

10.jpg

Rei Carl XVI Gustav e a Rainha Silvia da Suécia.

11.jpg

Rainha Mathilde e Rei Philippe da Bélgica

12.jpg

Princesa Charlene e Príncipe Albert do Mônaco.

13.jpg

Lady Gabriella Windsor 

14.jpg

Princesa Anne rompeu a tradição, a primeira mulher real a aparecer de uniforme militar um funeral. Ela é patrona da Marinha Real e detém o título de Comodoro e Chefe Portsmouth além de ser Contra Almirante Honorário.

A mais elegante entre as mulheres dos Chefes de Estado.

15.jpg
16.jpg
Fio_Laranja.png
naura.jpg

Christian Dior

Alta Costura outono/inverno 2022-2023

Por Naura Cox

1.jpg

Na sua mais nova coleção para a Christian Dior, Maria Grazia Chiuri, bebeu da fonte de inspiração que é o trabalho da artista Ucrâniana Olesia Trofymen, uma pintora ucraniana na sua obra “A árvore da vida”.

2.jpg

“A árvore da vida conecta todas as formas de criação; está suporta o céu e liga-o à terra através das suas braças e raizes, pode ler-se no comunicado da Dior relativo à sua apresentação de Alta Costura para o Outono Inverno 2022/2023.

Não há como não ver a natureza no desfile da Maison francesa.

Algodão, seda, lã - as fibras naturais por excelência foram preponderantes nos coordenados exibidos.

A utilização de um luxuoso fio de seda para bordar os elementos representativos da Árvore da Vida.

Uma monocromia tão sóbria corria o risco de se revelar cansativo, no entanto, as texturas intrigantes e variadas conseguiram roubar atenção.

Até a própria paleta monocromática remete para o estilo de vida campestre, com o tom bege a pintar a grande maioria dos looks

O preto que normalmente é vedete do inverno foi visto em pouquíssimas peças.

Vermelho, laranja e pink cortaram um pouco o monocromático.

21.jpg

“A árvore da vida é um chamamento, um aviso, para fazer transparecer mais tradições e gestos que nos permitam recuperar o equilíbrio, nem que seja apenas por um momento”

Maria Grazia Chiuri - Diretora de Arte da Chanel

Fio_Laranja.png
naura.jpg

A Abdicação do Rei

Edward VIII

Por Naura Cox

Apesar de ter o Parlamento, a Igreja e o Povo contra si, Edward VIII se recusou a terminar o relacionamento. Em vez disso tomou uma das decisões que teve o maior impacto na História da Monarquia Britânica: ABDICOU.

1.jpg

Em 10 de dezembro de 1936, menos de um ano após herdar a coroa Edward VIII renunciou ao trono, que foi deixado a seu irmão Alberto (Bertie) pai da Elizabeth II

 

O discurso de abdicação 

2.jpg

No dia seguinte à sua abdicação ele fez um pronunciamento famoso no rádio no qual explicou as razões de sua decisão.
“Tornou-se impossível suportar o pesado fardo da responsabilidade e cumprir meus deveres como Rei, da maneira que gostaria de fazê-lo, sem o apoio e a ajuda da mulher que eu amo“


Estas foram as suas famosas palavras para explicar sua abdicação.  Ele recebeu o título de duque de Windsor.

3.jpg

Depois de renunciar, Edward deixou o Reino Unido e, alguns meses depois, em junho de 1937 cumpriu seu desejo de casar com sua amada Wallis, cujo divórcio havia sido formalizado um mês antes.

4.jpg

Eles se casaram na França onde planejavam passar algum tempo até poderem voltar ao Reino Unido.

5.jpg

Mas seus planos foram frustados pelo novo Rei, que adotou o nome de George VI em homenagem a seu pai.

6.jpg

O irmão de Edward, Rei George VI que havia proibido outros membros da família real de comparecerem ao casamento, também ordenou que eles não voltassem ao País.

7.jpg

Quando o Rei George morreu, Edward recebeu permissão para voltar a Inglaterra para o funeral do irmão, sua esposa a duquesa de Windsor não pode ir.  Edward nunca conseguiu se aceito novamente por seu povo.

8.jpg

Wallis permaneceu na História como a vilã que deixou um homem sem coroa e um país sem Rei.  Além de causar uma ruptura na família real.

9.jpg

Pouco antes de sua morte, em 1972, quando seu estado de saúde já havia deteriorado bastante devido ao câncer, Edward recebeu uma visita de sua sobrinha Elizabeth II, que viajou para uma visita de Estado a França.

10.jpg

Quando Wallis morreu 14 anos depois foi enterrada ao lado dele em Windsor.  Lá eles enfim conseguiram o que não podiam na vida: SEREM ACEITOS JUNTOS PELA CASA REAL.

Fio_Laranja.png
naura.jpg
Fio_Laranja.png

“A Coroação

de Charles III”

Por Naura Cox

1.jpg

A Coroação do novo soberano segue alguns meses após sua ascensão após o período de luto e como resultado da enorme quantidade de preparação necessária para organizar a cerimonia ( que é a mesma ao longo de mil anos).

 

Arcebispo de Canterbury 

2.jpg

O arcebispo da Cantuaria ( em inglês :Archbishop of Canterbury é o bispo senior e primaz da Igreja Anglicana e o líder espiritual da comunhão anglicana em todo mundo e o bispo da diocese de Canterbury.


O atual arcebispo é Justin Welby,  que foi entronizado na Catedral  de Canterbury em 21 de março de 2013.Ele  coroará o Rei Charles III.

3.jpg

Foi o responsável pelo casamento de Harry e Meghan em 2018.

4.jpg

As joias da coroa , essenciais para a coroação 

 

Símbolos de poder e espiritualidade, as joias da Coroa Britânica , cuidadosamente guardadas na Torre de Londres , deixarão o famoso monumento para serem usadas durante a coroação do Rei Charles III.

 

A Coroa

5.jpg

A coroa de St.Edward, feita em ouro sólido , conta com 444 pedras preciosas e semipreciosas, incluindo 345 águas-marinhas, 37 topázios brancos , 27 turmalinas, 12 rubis , 7 ametistas , 6 safiras , 2 jargões, 1 granada, 1 espinélio e 1 carbúnculo.


Feita originalmente para a coroação de Charles II em 1661, na restauração da Monarquia Britânica, ela pesa 2.2 quilos.
A coroa fica na Torres de Londres, uma Fortaleza da família real , e só é retirada do local em raríssimas ocasiões.

 

Anel 

6.jpg

O anel foi encomendado O joalheiro Rundell, Bridge & Rundell para a coroação do Rei William IV , em 1831 .Na cerimônia de coroação , o arcebispo o colocará no dedo anelar do soberano como símbolo da “ dignidade real”.


Cetro

7.jpg

Na cerimônia , ele também irá segurar um cetro de ouro com um diamante Cullinam,o maior do seu tipo lapidado .Simboliza os poderes e responsabilidade do monarca

 

Orbe

8.jpg

Outra peça que será entregue a Charles é um Orbe , símbolo cristão que demonstra a autoridade do monarca, desde a idade média .Essa peça foi feita em 1661 e tem uma cruz cravejada de esmeraldas, diamantes, rubis , pérolas e safiras.No topo uma grande ametista.


Na cerimônia de coroação o Orbe é segurado na mão direita antes de ser colocado no altar.

 

Ampola 

9.jpg

Esta peça de ouro em forma de águia ( veja na foto acima lado esquerdo) com as asas estendidas contém o óleo sagrado usado na unção do soberano.

 

As Esporas


As esporas de ouro simbolizam a cavalaria e são usadas desde a coroação de Ricardo Coração de Leão em 1189.
São presas aos tornozelos dos soberanos e, se forem rainhas são colocadas no altar.

10.jpg

Rainha Elizabeth com os símbolos da coroação em 1953

11.jpg

O Rei Charles III é o monarca com idade mais avançada a assumir o trono britânico ( 73 anos)

 

“God Save The King”
Na sexta feira dia 09 de setembro pela primeira vez o Hino Oficial do Reino Unido foi cantado com a alteração na letra depois de 70 anos. 
O evento em que o novo hino foi cantado ocorreu na Catedral de St.Paul , em Londres ao fim do serviço memorial da Rainha Elizabeth II.

'God Save The King' Sung Officially for First Time

Fio_Laranja.png
naura.jpg
Fio_Laranja.png

Baronesa Silvia

Amélia de Waldner

Por Naura Cox

1.jpg

Nome Real: Silvia Amelia Mello Franco Chagas
Foi casada com o empresário Paulo Marcondes Ferraz (1962/1969)

2.jpg

Em 1971 , ano que separada de Paulo Fernando Marcondes Ferraz , decidiu passar uma temporada em Paris visitando os pais , então Embaixadores do Brasíl na Unesco .

3.jpg

Na ocasião foi apresentada pela baronesa Marie-Helene de Rothschild, a grande líder do High Parisiene da epoca , ao Barão Gerard de Waldner, cuja nobreza remonta às cruzadas. Encantado com a beleza e o charme de uma das mais famosa “Pantera” de Ibraim Sued , como o colunista chamava suas musas, Gerard lhe fez a corte.

4.jpg

Dois anos depois casaram em Paris em duas festas: na primeira ela usou um vestido de Hubert de Givenchy; na segunda outro assinado por Loris Azarro.Os Waldner são pais de Edoard.
A nova baronesa lindíssima, virou coqueluche em Paris.

5.jpg

A Baronesa de Waldner se tornou uma das estrelas do Jet-Set europeu. Foi nomeada mais de uma vez a “Mulher mais bem vestida da Europa” . Em 2004 para a alegria do seus amigos Yves Saint Laurent e Valentino, a revista “Figaro” a elegeu  A Mulher do Ano”.

 

Nasce uma Artista Plástica: a baronesa Silvia Waldner

6.jpg

Quando era jovem , nos seus 20 anos , na época morando no Rio, a baronesa Silvia Amélia de Waldner adorava pintura e resolveu estudar pintura . Fez curso no Louvre em Paris .Depois parou.


Um dia o grande estilista e amigo Hubert de Givenchy falou para ela:
“ Faz uma colagem para mim “ , e ela fez. 


Silvia começou pesquisando certas características de quem lhe pedia o trabalho. Tentava achar objetos que correspondessem a pessoa.

7.jpg

Para Givenchy fez uma coleção ROTHSCHILD de que ele gostava muito.

 

Silvia explica como faz as colagens:

8.jpg

“Eu recorto de catálogos de vendas de obras de arte de Paris, New York, Londres; misturo os temas dos vários catálogos e faço o desenho. Depois faço a moldura, quer dizer escolho a tapeçaria, corto, colo em forma de moldura e fica lindo”.

 

Silvia Amélia e Roberto Carlos

9.jpg

No ano de 1970 ela teve um relacionamento com o cantor Roberto Carlos e foi fonte de inspiração nas músicas “ Detalhes”e “Aquela Canção“.

10.jpg

Foi retratada por Andy Warhol 

 

Livro Auto Biográfico

11.jpg

Escreveu um livro sobre sua vida em 2016.

12.jpg

Lançamento do Livro

13.jpg

Amigas Miriam Lafond e Daniele Cacub

Fio_Laranja.png
Fio_Laranja.png
naura.jpg
Fio_Laranja.png

Últimas vitrines de verão

de Londres e Paris

Por Naura Cox

Estamos no final do verão europeu e o outono se aproxima! As vitrines já estão mudando já para o outono inverno! Postaremos as imagens do que aconteceu no verão 22 aqui nas duas capitais de moda Londres e Paris.

 

Monocromático 

1.jpg

A volta dos conjuntos monocromáticos! Tudo combinado!

2.jpg

Foto acima da Gucci

 

Branco

3.jpg

Além das cores fortes como laranja, rosa etc o branco foi o queridinho da estação.

4.jpg

Estampa Paisley

5.jpg

Estampa Paisley -esta estampa ganhou destaque na moda da década de 1970 e o movimento hippie aderiu amplamente a padronagem. A estampa surgiu no século XVII e estava presente nas estampas da região da Cashmere na Índia. Só ganhou o nome Paisley quando começou a ser produzida em grande escala na cidade escocesa do mesmo nome.

 

Tricô +Crochê 

6.jpg

Galeria Lafayette 

Alfaiataria 


Peças com construções mais sóbrias com linhas retas e a cara do universo masculino ! 
Ou a versão mais jovem com barriga de fora!
Blaiser com bermudas foi muito usado por aqui.

11.jpg

Kate Middleton e a alfaiataria 

Fio_Laranja.png
naura.jpg
Fio_Laranja.png

Carmen Mayrink Veiga um ícone de

Elegância no Brasíl e no Mundo

Por Naura Cox

1.jpg

Carmem Mayrink Veiga nasceu em 24 de Abril de 1929 em Pirajui-SP era filha de um fazendeiro de café e sempre teve uma vida de Glamour.

2.jpg

Em 1956 aos 27 anos teve  um casamento de princesa com o empresário Antonio( Tony) Alfredo Mayrink Veiga.

3.jpg

Vestindo um modelo de Alta Costura de Pierre Balmain , com gola chinesa e 80 metros de cetim duchesse pérola. 
Uma mantilha que pertencera a sua avó a Baronesa do Atari, nas suas mãos , ao invés de um buquê de flores, segurava um terço.

4.jpg

Tony e Carmem moraram duas décadas em Paris. Com Tony circulou pelos bailes, casamentos e petit comités mais importantes e luxuosos do globo, vestindo criações de estilistas como Yves Saint Laurent, Givenchy, Valentino.

5.jpg

Ícone da Sociedade Carioca, cliente da alta-costura, foi escolhida como uma das mais bem vestidas do mundo pela revista “Vanity Fair”. 
Era amiga próxima de Yves Saint Laurent e foi a única brasileira a ser citada na Biografia do YSL.
Tony Mayrink Veiga e Carmen foram considerados um dos casais mais chics da América do Sul pela Vogue Americana.

6.jpg

Foi retratada por artistas renomados como Cândido Portinari (pintura acima), Di Cavalcanti e Andy Warhol.

7.jpg

Foi tanta a fama de Carmem, que foi homenageada em um clipe da banda R.E.M. 
Em 2001 ela figurou ao lado de Madona e Demi Moore o clipe “Imitation of life “.

8.jpg

“Elegância, para mim não é como você está vestida. É muito fácil uma mulher rica fazer um trousseau na alta costura. Ir no Harry Winston comprar uma joia. Comprar peles. E ser apenas bem vestida. E nada elegante.
Elegância é o todo. É uma pessoa que vive bem. Que a casa é elegante. Tudo desta pessoa é correto e sério. É este todo que faz dela uma mulher elegante.”
- Carmen Mayrink Veiga

9.jpg

Reunindo tudo que aprendeu na vida sobre moda e etiqueta, em 1997, ela lançou o livro ABC de Carmen, ensinando sobre seu aprendizados e seu estilo pessoal.

 

Carmen Mayrink Veiga e Lino Villaventura 

10.jpg

“No Brasíl , além do Guilherme Guimarães, o único Costureiro que eu gosto é o Lino Villaventura. 
Lino Villaventura é a alta costura brasileira, não copia ninguém, usa rendas e bordados brasileiros.”
Declaração de Carmen Mayrink Veiga a revista Isto é ( 2011)

11.jpg

Por conta de um grave problema no quadril foi diagnosticada portadora de Paraparesia Tropical - Carmen passou os seus últimos anos de sua vida andando de cadeiras de rodas, motivo pelo qual se tornou ativista da causa dos cadeirantes.
Morreu no dia 3 de dezembro de 2017 aos 88 anos.

Fio_Laranja.png
naura.jpg
Fio_Laranja.png

Conheça, o estilista japonês

Issey Miyake, expoente da Alta Costura

Por Naura Cox

1.jpg

O Estilista japonês Issey Miyake morreu aos 84 anos em 9/8/2022. Nascido em Hiroshima , Miyake tinha 07 anos quando sua escola foi atingida pela Bomba Atômica. O estilista estudou design na “Trama Art University, em Tóquio e se mudou para Paris em 1965, onde ingressou na “ECOLE DE LA CHAMBRE SYNDICALE DE LA COUTURE PARISIENNE” Em Paris trabalhou para nomes da Alta Costura francês Hubert De Givenchy e Guy Laroche.

 

Seus Famosos Plissados

2.jpg

Issey Miyake despontou no mundo da moda ainda na década de 1980, com itens de alto luxo e seu famoso plissado, desenvolvido com uma técnica inédita, baseada na junção de tecidos entre camadas de papel e inserção deste numa prensa térmica.

3.jpg

Os tecidos eram tratados para criar pregas permanentes, nunca amassavam, podendo ser lavadas na máquina enrolados em vez de dobrada. Miyake afirmava que o objetivo das suas obras era estarem em todos os lugares.

 

Miyake e Steve Jobs

4.jpg

Ficou famoso por produzir o icônico suéter preto de Steve Jobs.
Steve fez amizade com Miyake no início dos anos 1980 e pediu que ele fizesse alguns suéteres de gola alta preto. 
O estilista enviou “cem deles” teria dito Jobs: “Eu tenho o suficiente para durar pelo resto da minha vida”.

 

Perfume

5.jpg

Em 1992, Miyake lançou sua linha de perfume, começando pela fragrância “L’eau d’Issey”

6.jpg

Um dos primeiros designer japoneses a desfilar em Paris, ele levou a moda de seu País para o resto do mundo, abrindo as portas para nomes contemporâneos como: Yohji Yamamoto e Rei Kawakubo.

7.jpg

Miyake resumiu sua oposição ao ciclo incessante de tendências: “Quero que meu cliente possa usar um suéter que desenhei ha 10 anos com as calças deste ano,”
 

8.jpg

“Em Paris chamam as pessoas que fazem roupas de costureiros-eles desenvolvem novos itens de roupas - mas, na verdade o trabalho do designer é fazer algo que funcione na vida real“.

 

Anti-Tendência

9.jpg

Reconhecido por adotar uma postura “Anti-tendência“- ele preferia o termo “Roupas” em vez de “Fashion” para se referir às suas criações.

10.jpg

Ele não se dizia estilista, mas um Designer de Moda que busca estabelecer relações entre o corpo humano e a roupa que o envolve.

11.jpg

A maioria das Criações de Issey Miyake está hoje reunida em Instituições como “Victoria & Alberto (V&A) em Londres e no Museu de Arte Moderna de NY, o MoMa.
Em 2010 Miyake foi homenageado com o prêmio da “Ordem da Cultura “concedido pelo governo japonês.
Em 2016 foi condecorado com a comenda “Legion D’Honnor”, a mais alta distinção dada pelo governo francês.

 

Museu V&A  em Londres

Metropolitan ( MOMa) em New York 

Fio_Laranja.png
naura.jpg
Fio_Laranja.png

Margaret

a Princesa Rebelde

Por Naura Cox

11.jpg

Extremamente carismática , autêntica , geniosa , Margaret viveu parte de sua vida acompanhando a irmã a Rainha Elizabeth II e sofrendo com restrições constitucionais das quais discordava.


1-Batismo Real

22.jpg

Nascida em 1930 , na Escócia, Margaret começou a entender e estudar desde cedo os hábitos da realeza .O batizado dela aconteceu na capela do Palácio de Buckingham.

 

2- Educação Específica 

33.jpg

Teve aula com Marion Crowford , a mesma governanta da irmã a Princesa Elizabeth e nunca frequentou o ambiente escolar.

 

3-Deveres

44.jpg

O romance entre a Princesa Margaret e o piloto Peter Townsend  começou no início de 1950 . Mundana, bonita e encantadora , ela foi atraída pelo belo veterano de guerra. Na série The Crown a única diferença da vida real , Margaret já tinha completado 25 anos e não precisava da autorização da irmã Rainha Elizabeth e nem do Parlamento p casar.

55.jpg

Margaret também representou a família na cerimônia de independência das colônias britânicas da Commonwealth e liderou a Sociedade Nacional e Real  Sociedade escocesa de crueldade a crianças.

 

4- Romance com Peter Townsend

66.jpg

O romance entre a Princesa Margaret e o piloto Peter Townsend  começou no início de 1950 . Mundana, bonita e encantadora , ela foi atraída pelo belo veterano de guerra. Na série The Crown a única diferença da vida real , Margaret já tinha completado 25 anos e não precisava da autorização da irmã Rainha Elizabeth e nem do Parlamento p casar.

77.jpg

O Capitão se divorciou de sua esposa e pediu Margaret em casamento e ela aceitou.
Na época o divórcio era considerado um grande escândalo então a união foi negada pela Igreja Anglicana e foi informada que perderia seus previlégio, títulos e até o seu lugar e de seus descendentes na linha de sucessão.

 

5-Casamento

88.jpg

No dia 06 de maio de 1960 ela casou-se com o fotógrafo Antony Armstrong-Jones o Conde de SNOWDON. Ela vestiu uma criação de Norman HARTNELL costureiro da família Real ( fez vestido de noiva e da coroação da Rainha Elizabeth II). Existem boatos de que a princesa só aceitou oficializar a união depois que Townsend enviou uma carta anunciando que se casaria com uma belga.  O casal teve dois filhos Lord David Albert Charles Armstrong-Jones e Lady Sarah Frances Elizabeth Armstrong-Jones.

 

6- Escândalos 

99.jpg

Sempre nos holofotes , existem boatos de que Margaret teve casos extraconjugais com o padrinho da sua filha, Anthony Barton,Mick Jagger, Peter Sellers e Robin Douglas-Home.
O casamento dela com Armstrong só chegou ao fim em 1970 , diante de revelações sobre o envolvimento com o jovem Roddy Llewelyn.

 

7- Últimos Momentos

1010.jpg

Margaret morreu , aos 71 anos !
Depois de sofrer um ataque cardíaco em 2002, sua saúde foi piorando de Forma Gradual , principalmente devido ao fato dela ser fumante durante grande parte de sua vida, resultando em agravantes pulmonares e dois AVCs .finalmente no dia 09 de fevereiro de 2002 ela faleceu.

 

A história da Tiara  “Poltimore” da Princesa Margaret

1111.jpg

A tiara foi originalmente fabricada em 1870 por Garrard para Lady Poltimore, esposa do segundo Barão Poltimore , tesoureiro da família da Rainha Vitória de 1872 a 1874.A família colocou a tiara no leilão em janeiro de 1959 e nesta ocasião foi comprada pela Princesa Margaret por £ 5.500 libras .
Embora a realeza inglesa tenha acesso a joias da coroa( a Duquesa de Cambridge Kate por exemplo usa tiaras e brincos emprestados à Raínha)A então princesa de 29 anos queria que a tiara pertencesse apenas a ela: uma declaração de independência muito forte para estes anos.

1212.jpg

A tiara é epítome do estilo de joia da Era Vitoriana : Sequências de diamantes incrustados na estrutura de prata e ouro evocam flora, flores e natureza.A princesa a usou no dia de seu casamento.

1313.jpg

Depois da sua morte em 09 de fevereiro de 2002, a Christie’s leiloou a coleção particular da Princesa Margaret e a “ Poltimore “ tiara foi vendida por £924.400
Libras ou cerca de € 1 milhão de euros a um comprador privado e anônimo.

Fio_Laranja.png
naura.jpg
Fio_Laranja.png

Dress Code:

O Código das Vestimentas

Por Naura Cox

1.jpg

Comparecer a um evento ou cerimonial com o traje equivocado é uma experiência nada agradável, além de ser uma verdadeira gafe. Para desvendar os segredos, conheça a lista de termos mais utilizados por homens e mulheres.

 

1- Etiqueta rigorosa  o white Tie 

2.jpg
3.jpg

É o código de vestimenta mais formal que existe é é geralmente usado nas cerimônias super elegantes. Por exemplo, jantares de Estado com diplomacia, casamentos super elegantes e luxuosos.
 

Homens
Os homens devem usar um casaco de cauda, uma camisa branca de gola e uma gravata borboleta branca. Eles podem usar luvas e uma cartola dependendo da ocasião.


Mulheres
As mulheres devem usar um vestido longo de festa, se quiserem podem usar luvas acima dos cotovelos para complementar o visual.

 

2-Etiqueta o Black Tie

4.jpg
5.jpg

É um pouco menos elegante do que aquele com um rótulo rigoroso e geralmente é usado em eventos chics a tarde.
Homens
Os homens devem usar um smoking e uma gravata borboleta preta e já pode usar colete preto também.
Mulheres
As mulheres podem usar um vestido longo, um vestido sob o joelho ou um conjunto separado que pareça elegante.

 

3-Etiqueta O Formal

6.jpg
7.jpg

Provavelmente o mais comum e ao qual todos estamos acostumados quando pensamos em festejar.
Homens
Usam terno escuro e sapatos escuros e gravata.
Mulheres
As mulheres podem usar vestidos longos ou curto.

 

4-Cocktail

8.jpg
9.jpg

Provavelmente o mais popular e o mais difícil de entender. É usado para eventos festivos mas não formais , como uma recepção de casamento muito mais descontraído ou uma recepção onde coquetéis e canapés são servidos.
Homens
Os homens podem usar calças coordenadas c a jaqueta de cor diferente ou terno menos formal.
Mulheres
As mulheres podem optar por um vestido que esteja acima dos joelhos ou calças mais chic.

 

4- Etiqueta Casual

10.jpg
11.jpg

Só porque o código de vestimenta é casual não significa que você possa ir de shot ou bermudas! Esta regra serve para homens e mulheres.

Qual será o tema do nosso próximo post?
A sugestão será dada por vocês!

Fio_Laranja.png
naura.jpg
Fio_Laranja.png

FRIDA KAHLO

Uma figura feminina influente do mundo da arte.

Por Naura Cox

1.jpg

A mexicana Frida Kahlo é até hoje uma das artistas mais celebradas no mundo.Sua trajetória sofrida, estilo de vida único e a forma como se posicionou perante a sociedade durante os seus 46 anos deixou várias lições.

 

Coisas que você deve saber sobre Frida Kahlo

2.jpg

1-Nascimento 
Nasceu em 06 de julho de 1907, a artista mexicana teria completado 114 anos este ano.

 

2- Frida viveu a maior parte de sua vida com dor crônica 

3.jpg

Aos 06 anos contraiu poliomielite, passou 09 meses acamada e ficou com uma deformidade na perna direita. Para cobrir a perna ela usava saias compridas no estilo tradicional que se tornaria sua marca registrada

4.jpg

A vida de Frida tornou-se dramática aos 18 anos .Ela estava viajando em um ônibus que colidiu com um bonde matando muitos passageiros . Ela foi empalada por um corrimão que atravessou a pélvis,a deixou com costelas quebradas e 11 fraturas na perna direita .Além disso , seu pé foi esmagado.Ela passou meses se recuperando no hospital. 


3- Frida começou a pintar enquanto estava no hospital

5.jpg

Frida sempre teve interesses pelas artes. Para matar o tempo e aliviar a dor, seus pais a encorajaram a pintar e fizeram um cavalete especial para que ela pudesse pintar deitada na cama.
Ela pintou o molde do corpo , depois virou o pincel em si mesma , usando um espelho pendurado em cima da cama.Ela terminou seu primeiro autorretrato no ano seguinte.

 

4-Frida era casada com o artista Diego Rivera.

6.jpg

“Eu sofri dois acidentes graves na minha vida .Um em que um bonde me atropelou … 
O outro acidente é Diego”  -
Frida Kahlo


Frida conheceu Diego quando ele estava pintando um mural em sua escola.Ele era 20 anos mais nova que ele, foi um caso de amor apaixonado, mas conturbado, sendo seu vínculo mais poderoso o amor deles pela arte um do outro.Diego incentivou Frida a pintar no estilo folclórico indígena.

7.jpg

Esta pintura da Frida foi chamada (Frida e Diego Rivera 1931)

A dupla criou algumas das pinturas mais importantes para contribuir para o movimento modernista no México , e seu relacionamento foi a fonte de inspiração para muitas de suas maiores obras.

 

5-Frida é mais conhecida por seus autorretratos.

8.jpg

Frida criou um trabalho profundamente pessoal e, embora grande parte do trabalho seja autorretrato, grande parte do trabalho de sua vida também se concentra em torno das suas doenças e lutas.

 

6-Alguns de seus trabalhos:

9.jpg

A coluna partida ( 1945)
 

A tela acima , pintada em 1944 é profundamente ligada à vida da pintora e ilustra o seu sofrimento após uma cirurgia que se submeteu na coluna vertebral.O rosto da artista lemos a expressão de dor e sofrimento.

10.jpg

As duas Fridas ( 1939)
As representações das duas Fridas estão dispostas em um único banco simples verde sem encosto. As duas personagens estão ligadas pelas mãos e carregam vestidos completamente diferentes: enquanto uma delas usa um traje TEHUANA , tradicional mexicano ( camisa azul) , a outra veste um pomposo vestido em estilo europeu. Ambas representam  personalidades distintas experienciadas por Frida .

 

Frida Kahlo : Sua influência na Moda

11.jpg

O museu de Londres V& A em 2018  fez uma exposição que chamou:


“Frida Kahlo: Making Her Self Up”
A exposição reuniu o guarda-roupa mais significativo da criadora mexicana para mostrar a importância que os figurinos desempenharam na configuração  de sua imagem e , acima de tudo , como ela usou roupas para destacar suas características e esconder ou destacar sua deficiência

12.jpg

Ela usava saias compridas para esconder a perna enfraquecida  pelo polo e depois amputada após o acidente do bonde.

13.jpg

Uma de suas roupas favoritas eram os vestidos de TEHUANTEPEC , uma região do sudeste de Oaxaca governada por uma sociedade matriarcal.O vestido típico era o traje TEHUANA composto de três partes: uma blusa Huipil ou geométrica,uma saia longa com anáguas e um cocar floral , muitas vezes complementado por brincos e colares.

14.jpg

Frida estabelece um ligação muito forte com os vestidos Tehuana porque normalmente concentra todos os acessórios na parte superior do tronco e para ela era uma maneira de desviar a atenção do seu corpo quebrado na parte inferior!

15.jpg

Determinada a transformar sua deficiência em um valor , ela começa a retratar os espartilhos em suas telas e decorar suas próteses com motivos chineses como se fossem objetos de arte.
( fotos da exposição sobre Frida Kahlo do V& A de Londres)

 

Frida Kahlo fonte de inspiração para estilistas

16.jpg

Alberta Ferretti primavera verão 2014

17.jpg

Valentino 

18.jpg

Moschino primavera-verão 2012

19.jpg

Jean Paul Gauthier primavera verão 1998

Editorial da vogue francesa

Simone Bellin sempre apaixonada pela arte lança uma coleção inspirada em Frida Kahlo

Fio_Laranja.png
naura.jpg
Fio_Laranja.png

O livro Lady Di Look

“O que Diana estava tentando nos dizer através de suas roupas”

Por Naura Cox

1.jpg

A Escritora de Moda Eloise Moran estudou milhares de fotos da Princesa Diana nos últimos anos .Olhando atentamente para as roupas de Diana , ela descobriu que por trás de cada roupa está um tragedia  cuidadosamente elaborado.O que Lady Di não conseguia expressar verbalmente, ela parecia expressar através de suas roupas.

2.jpg

Diana uma vez chamou o dia de seu casamento : “O pior dia da minha vida”

3.jpg

O casal teve sua lua de mel em Balmoral , Escócia onde fica a propriedade da Família Real. 
“ Diane revelou que viu Charles usando um par de abotoaduras presenteadas a ele durante suas férias.”

4.jpg

De acordo com Eloise, o desconforto de Diana em ser um membro sênior da família Real ficou evidente desde o início quando ela vestiu um jumper de lã vermelha em partida de polo em 1980. Eloise acredita que essa escolha de roupa foi deliberada por Diana , que se sentiu sentiu como a proverbial “ovelha negra” na família real desde o início.

5.jpg

A princesa , que lutou com um transtorno alimentar , era conhecida como “shy Di” durante seus primeiros anos na Família Real algo que Eloise acha que era particularmente perceptível e quando estava grávida do príncipe William.

6.jpg

Diana foi o primeiro Membro da Família Real Britânica a ser fotografado usando calças para um evento noturno . Ela não tinha ideia na época , mas estava estabelecendo um precedente para a futura nora Meghan Markle , que também usava um terno no seu primeiro noivado noturno.

7.jpg

Em Windsor 1992 ano da separação.

8.jpg

Visitando a Austrália com o príncipe William o futuro herdeiro do trono britânico. 

9.jpg

“O icônico vestido da vingança”
Diana fez sua aparição em 1994 na mesma noite em que o Príncipe Charles confessou publicamente ter cometido adultério em seu casamento. Eloise observou que a princesa nunca teve intenção de usá-lo inicialmente.O deslumbrante vestido preto com decote Bardot foi criado pela menos conhecida designer grega Chistina Stambolian - mas originalmente pretendia usar um Versace .
No entanto , depois de um vazamento detalhando sua roupa ela mudou e saiu com o vestido de Stambolian.
Foi uma mensagem para Charles e para o mundo.

10.jpg

Depois de se divorciar do Príncipe Charles Diana optou por se vestir Com mais designer não baseados no Reino Unido como Versace. Ela também usou salto alto com mais frequência, o que sempre evitou para não ficar mais alta que Charles e o constranger.

11.jpg

A princesa Diana ostentava um deslumbrante vestido monocromático no Royal Ascot em 1988.

12.jpg

Eloise também observou como a realeza contemporânea como sua nora Kate Middleton muitas vezes presta homenagem ao estilo da Princesa Diana. Ela usou no Royal Ascot 2022 um look muito parecido com o usado pela sogra.

13.jpg

Diana era um ícone de moda e inspiradora e mostrou através do livro que há um pouco de Diana em todas nós! Vocês concordam?

naura.jpg

Chimamanda Ngozi
Adichie e a Moda

Por Naura Cox

11.jpg

Chimamanda Ngozi Adichie nasceu em Enugu , Nigéria . Após estudar Medicina por 1 ano em Nsukka em 1997, ela partiu para os Estados Unidos , onde estudou “Comunicação e Ciência Política na Eastern Connecticut State University.

22.jpg

Escritora premiada e célebre palestrante conhecida por romances como “Americanah” e “Purple Hibiscus” ( Hibisco Roxo) . Ganhadora de uma bolsa de “Gênio “ de MacArthur , o Prize e o National Book Critics Circle Award ( entre outros). 

33.jpg

Ícone de Moda, Romancista e Feminista nigeriana conhecida tb pelo TEDx talk viral “We should All Be Feminist” (todas devemos ser feminista) 

Adichie se tornou referência para a equidade de gênero depois que Beyoncé o sampleou em sua música de sucesso “Flawless “

44.jpg

Ela começou a resistir a algumas ideias padrão e à linguagem da Moda global ou seja estritamente ocidenta l- A representação de cores vibrantes como ousadas, pretas como a marca irrepreensível da sofisticação e bege como neutra por exemplo, foram baseadas em padrão de pele pálida. Para uma pessoa de pele escura as cores vibrantes são as indicadas.

55.jpg

Ela projetava suas próprias roupas e o costureiro RAZAR executava.


A moda Nigeriana e Adichie

66.jpg

A aclamada autora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie lançou uma campanha “Wear Nigerian”.  
A Nigéria sempre teve uma cena de moda próspera. Havia uma nova geração de designers com um vigor de base e visibilidade possibilitadas pelas mídias sociais.
Ela só usa marcas Nigerianas !

77.jpg

Inclusão de melhores vestidos da Vanity Fair.

88.jpg

Foi convidada para primeira fila da Dior, como icone feminista moderna 
 

Por Maria Grazia Chiuri que foi a primeira mulher a assumir a direção de arte da Dior.

99.jpg

A diretora de Arte da Dior fez uma homenagem a Adichie colocando manequins com camisetas e a inscrição do TED “ We Should All Be Feminist”.

1010.jpg
Fio_Laranja.png
naura.jpg

O Royal

Ascot

Por Naura Cox

O Royal Ascot tem sido um dos eventos de corrida de cavalos mais populares na Grã Bretanha desde que foi fundado pela Rainha Anne em 1711, e o evento de uma semana é garantido para a maioria da Família Real Britânica.
Embora a Rainha Elizabeth II não tenha comparecido grande parte de sua família compareceu.

1.jpg

Dress Cod
Ha um código de Vestimenta rigoroso em o Royal Ascot;os homens são “obrigados a usar um terno completo com colete e uma cartola cinza ou preta o tempo todo”, as mulheres precisam usar chapéus e vestidos que cubram os ombros.

 

Os melhores Momentos do Ascot Real

2.jpg

O Príncipe de Galles Charles e a duquesa de Cornwall Camila.

3.jpg

Kate e o Príncipe William

 

Kate usou uma criação da estilista Alessandra Rich .

4.jpg

Usou um chapéu Sally-Ann Provan
sob medida e os brincos de diamantes e pérolas da Princesa Diana.

5.jpg

A Princesa de Gales usava um vestido semelhante no Royal Ascot em 1988.

6.jpg

Princesa Beatrice e seu marido Eduardo Mapelli.

7.jpg

Box Royal

8.jpg

Carolle Middleton mãe da Kate usou um vestido da Filha.

9.jpg

Charlote Hawkins

10.jpg

Atriz inglesa Greta Bellamacino.

11.jpg

Peter Phillips ( filho da princesa Anne ) e sua namorada Lindsay Wallace.

12.jpg

Os chapéus mais bizarros do Royal Ascot 2022

13.jpg

Os Chapéus são uma parte fundamental da moda Royal Ascot , e ele se tornaram mais exagerados com o passar dos anos.

14.jpg

Uma cearense no Royal Ascot

A querida Flávia Benevides eleganterrima no Royal Ascot  com o seu marido o inglês Tim Beattie!

naura.jpg

Conheça a História da Icônica

Bolsa Birkin da Hermès

Por Naura Cox

1.jpg

A Birkin é um dos modelos mais conhecidos e de maior sucesso da Hermès. Com 35 anos de História, se tornou um símbolo de elegância e sofisticação, além de ser um objeto de desejo de milhares de mulheres ao redor do mundo. Considerada uma das bolsas mais caras do mundo, possui um estilo clássico e atemporal, prático e funcional.

 

Como tudo aconteceu:

2.jpg

Musa dos anos 60 Jane Birkin é uma das primeiras “Its Girls” de que se tem notícia. Cantora, escritora e atriz, a musa exercia grande influência estética como ícone de Moda, comportamento e estilo. Era raro ver Jane Birkin sem sua cesta de vime na mão, o acessório compunha seus looks elegantes e descontraídos.

 

O Encontro de Jane e o dono da Hermès

3.jpg

Com sua bolsa de vime, ela pegou um vôo de Paris para Londres e atrapalhada teve dificuldades para colocar sua “bolsa” no compartimento de bobagens, arrebentando e tudo indo pelo chão.

4.jpg

Um cavalheiro ajudou Jane Birkin 
A recolher seus pertences, enquanto escutava suas queixas. Porém, o destino ali fazia um mágico e imortal encontro. O homem a ajudá-la era o Minsieur Jean-Louis Dumas, dono da Hermès. Jane então perguntou: “ Por que você não cria uma bolsa maior que a Kelly mas menor que  uma mala da Serge”?

5.jpg

3 anos após o encontro de Jane Birkin e Jean-Louis Dumas, em 1984, a HERMÈS lança o maior best-seller da marca, um dos itens mais caros e desejados da marca e a batiza de BIRKIN.
Hoje a modelo básico não é encontrado por menos de US$11.900.  Fila de 3 anos para conseguir comprar.

 

A Bolsa Birkin da Hermès mais cara do mundo:

6.jpg

A Hermès possui  uma das bolsas mais caras do mundo!
Confeccionado com pele de crocodilo do Rio Nilo e com a aparência que remetem às majestosas Montanhas dos Himalaias e com detalhes de diamantes e ouro branco de 18 quilates, apenas duas unidades da “ Birkin Himalayan Crocodile” são confeccionados por ano, a tornando muito Exclusiva e Rara.
Uma unidade foi vendida ao preço de US$380.000 em um leilão na casa de leilões Christie’s em Hong Kong.

 

Elas Usam

7.jpg

Conheça a História da Icônica

Bolsa Birkin da Hermès

Por Naura Cox

Uma conhecida fã da Bolsa Birkin é a estilista inglesa Victoria Beckham que possui mais de 100 modelos de bolsas Hermes incluindo a rara Birkin Himalayan Crocodile.

8.jpg

Kris Jenner matriarca da familia Kardashian-Jenner é tão fã da marca que possui um closed apenas suas bolsas Birkin. Tem um quadro de neon que diz ”Need money for Birkin (preciso de dinheiro para Birkin)

9.jpg

Mariah Carey e sua Birkin

10.jpg

Kim Kardashian com sua Birkin Himalayan Crocodile

 

Curiosidades:
1-Um único modelo pode levar até 48 para ser confeccionado;
2-Cada artesão da Hermès possui suas próprias ferramentas para serem usadas todos os dias e podem levá-las consigo depois de se aposentarem;
3- A Hermès oferece um serviço de manutenção e reparos para suas clientes. Desta forma é possível passar a bolsa por gerações.

 

Jane Birkin X Hermès

11.jpg

Em 2015 Jane Birkin pediu que seu nome fosse retirado da Bolsa com pele de crocodilo, mas depois depois aceitou as explicações e compromissos firmados pela Hermès em relação ao tratamento dado aos crocodilos e voltou atrás da sua decisão.

Fio_Laranja.png
naura.jpg

País de Gales

Curiosidades sobre o País Mais Simpático da Grã-Bretanha

Por Naura Cox

11.jpg

Eu tive oportunidade de morar no País de Gales por 3 anos na cidade de Newport e me apaixonei por este lindo País . O País de Gales está situado na ilha da Grã Bretanha, a oeste da Inglaterra. Ele compõe o REINO UNIDO com outros três países: Inglaterra, Escócia e Irlanda do Norte.


Capital : Cardiff

Curiosidades Sobre O País de Gales

22.jpg

IDIOMA: Galês (welsh) e Inglês 
No sul onde eu morava Ingles e a primeira língua e a segunda Gales mas no norte é Gales e em segundo o Inglês.

33.jpg

Todas as placas de sinalização são em Gales e Inglês.
O Welsh (Gales) faz parte do currículo das Escolas.

44.jpg

PAÍS DOS CASTELOS
É o País que tem mais castelo por quilômetro quadrado no mundo. Não importa onde você estiver no País, sempre estará pertinho de um castelo. São mais de 641 castelos para visita , principalmente dos séculos 11 e 13.

55.jpg

ESPORTE FAVORITO: Rugby 
Acima comigo na foto o Melhor jogador de Rugby do Reino Unido  Dan Biggar! E joga pelo Wales!

66.jpg

No País de Gales à população de ovelhas é maior do que a população de seres humanos.

Habitantes-3 milhões
Ovelhas- 12 milhões 

77.jpg

PARQUE NACIONAL DA SNOWDONIA


O norte do País de Gales é uma região montanhosa e belíssima. E o parque Nacional da SNOWDONIA com 1085 metros o mais procurado.

88.jpg
99.jpg

A CIDADE COM O NOME MAIS LONGO NO MUNDO

1010.jpg

Acima na foto é o nome da cidade com 150 letras

 

O castelo do Príncipe de Gales 

1111.jpg

Caernarfon 
A investidura do Príncipe de Gales é uma cerimônia formal que simboliza a condecoração do “Herdeiro do Trono Britânico “ com o título de “ Príncipe de Gales” .

1212.jpg

A cerimônia vem sido mantido há séculos  como uma tradição dos monarcas  britânicos desde 1301 , quando o título de Príncipe de Gales  passou a distinguir os herdeiros do trono do Reino Unido. A Cerimônia tem lugar no no Castelo Caernarfon.

1616.jpg

O atual Príncipe de Gales é Charles desde 1969. O atual Príncipe de Gales já espera 53 anos para subir ao trono!

1313.jpg

O Príncipe Charles antes da coroação passou uma temporada no País de Gales estudando Gales( welsh).

 

Quem será o próximo Príncipe de Gales?

1414.jpg

Quando Charles casou com Diana ela herdou o título de Princesa de Gales. 

1515.jpg

Quando O Príncipe Charles se tornar Rei , William como o futuro herdeiro do trono deverá ser coroado no Castelo de Caernarfon como o novo “Príncipe de Gales” . Katherine Middleton sera a nova Princesa de Gales. 

Fio_Laranja.png
naura.jpg

Você sabia? Curiosidades sobre o

Vestido da Coroação da Rainha Elizabeth II.

Por Naura Cox

11.jpg

O vestido da coroação da Rainha Elizabeth II em 1953 é provavelmente um dos exemplos mais importantes do design do século XX. Foi criado pelo costureiro britânico NORMAN HARTNELL, que assumiu o desafio de fazê-lo desde de outubro de 1952.

22.jpg

É considerado o mais importante usado pela soberana e emblemático da Casa Windsor. A versão final foi resultado de oito meses de pesquisa e nove croquis nada poderia estar errado.

33.jpg

A rainha participou de todo o processo, determinando a cor ( gelo), o estilo queria que parecesse com o seu vestido de casamento. 

44.jpg

Foi NORMAN HARTNELL quem fez seu vestido de noiva para casar com o príncipe Philip em 20 de novembro de 1947.

55.jpg

De cetim gelo, bordado de dourado e prata ela pediu que além da homenagem aos 04 países que compõem o Reino Unido e do Commonwealth.

66.jpg

As nações foram bem representadas através dos bordados com os símbolos:
INGLATERRA-a Rosa de Tudor;
ESCÓCIA- O Cardo , flor símbolo da Escócia;
PAIS DE GALES-O Alho Poró;
IRLANDA DO NORTE - O Trevo 
Estes Países são os que compõem o REINO UNIDO.

77.jpg

A Commonwealth são 54 nações incluindo o Reino Unido que reconhecem a Rainha Elizabeth II como sua líder! Foram escolhidas 3 nações da Commonwealth para serem homenageadas no bordado do vestido.
AUSTRALIA - Vara-de-ouro ;
INDIA - O Lótus
PAQUISTÃO -Trigo e Algodão.

88.jpg

Sapatos ROGER VIVIER acompanharam o vestido.
 

Um detalhe curioso:

99.jpg

SIR NORMAN HARTNELL aproveitou para fazer uma surpresa para a Rainha. No meio das flores representando o Domínio Real Britânico, incluiu um “Trevo de Quatro Folhas”. 
Foi seu recado de “Boa Sorte” para Elizabeth II. Naquele momento, ninguém imaginaria que a coroa iria ficar com ela por 70 anos. 
Existem rumores que ela renunciará e O Príncipe Charles finalmente irá assumir! 
Vamos aguardar !


Uma sugestão para quem vem para Inglaterra 

1010.jpg

O vestido da coroação usado pela Rainha Elizabeth II fará parte de uma exibição especial do jubileu de Platina de “07 de julho a 26 de setembro no Palácio de Windsor”.

Fio_Laranja.png

História do Biquíni

Conheça Essa Invenção Revolucionária

Por Naura Cox

11.jpg

Foi em 1946, que o engenheiro automotivo francês Louis Rèad, que na época administrava a loja de lingerie da mãe apresentou duas pequenas peças. 

22.jpg

O nome “ Biquíni” foi  inspirado na “ilha Bikini” localizado nos EUA . A ilha era usada para testes com Bombas Nucleares e segundo Louis  Réard, sua invenção seria também Explosiva.

33.jpg

Em 1946 Michline Bernadini dançarina de boate que posava eventualmente para revistas foi escolhida para usar o biquíni pois nenhuma outra modelo havia aceitado o convite.

44.jpg

Como Louis Reard sabia que sua invenção era, no mínimo, escandalosa para a época, decidiu estampar o primeiro biquíni em diversos jornais .Afinal , no dia seguinte de seu lançamento, a peça certamente seria manchete nos periódicos ao redor do mundo. O biquíni foi usado pela primeira vez , em uma Piscina Publica  de Paris por Micheline.

 

Polêmicas e popularização 

55.jpg

Louis estava certo quando afirmou que o efeito de uma mulher usando  biquíni seria explosivo.
A peça foi proibida em muitos países, incluindo o Brasíl por ser considerado vulgar vê um atentado ao pudor.
Em 1951, a primeira edição do concurso Miss Mundo ( world), realizado em Londres, vetou o uso da peça. Outras competições acompanharam a tendência.

66.jpg

Uma das maiores responsáveis pela normalização e popularização do  biquíni foi a atriz Brigitte Bardot.

77.jpg

Brigitte Bardot em um dos seus filmes mais famosos, intitulado “E Deus Criou a Mulher” aparece em cena com um Biquíni em xadrez Vichy. Além disso durante o festival de cinema de Cannes em 1953 , a modelo e atriz apareceu em uma praia francesa com a “Peça infame”. Depois desse episódio , as vendas subiram exponencialmente a história do biquíni entra em uma nova fase: “ A produção e uso em massa”

 

O biquíni no Brasil

88.jpg

No Brasíl , nomes como Carmem Verônica e Norma Tamar chamaram atenção na Praia de Copacabana no Rio de Janeiro e foram as primeiras brasileiras a usarem biquíni.  Esbanjando sensualidade , a peça logo se tornou querida por inúmeras brasileiras.

99.jpg

Helô Pinheiro democratizou de vez o uso do biquíni nos anos 60. 

 

Jânio Quadros ex governador de São Paulo é eleito para à Presidência da República e durante seu curto mandato, proíbe o uso de maiôs em Concurso de Beleza e o uso de biquínis na praia.

1010.jpg

Foto da Atriz Leila Diniz nos anos 70 usando um biquíni quando estava grávida de 8 meses. A imagem icônica foi um grande símbolo para libertação feminina na época.

1111.jpg

O Brasíl se tornou o País que mais produz e consume biquínis no mundo.

 

Às Primeiras Aparições do Biquíni 

1212.jpg

Uma curiosidade sobre o biquíni é que, apesar da peça ter sido produzido no século XIX, ele estava presente em pinturas da Deusa Vênus.
Contudo, este não é o único registro do biquíni nessa época.
Em Pompeia, na Itália, arqueólogos descobriram várias estátuas da Deusa Vênus vestida de biquíni.

Fio_Laranja.png
naura.jpg
naura.jpg

Andy Warhol
Representante da Pop Arte

Por Naura Cox

11.jpg

Andy Warhol  foi um importante artista plástico e cineasta americano. É um dos maiores representantes da Pop Arte, além de ter ganhado grande destaque no cinema de vanguarda e literatura.

22.jpg

As principais características do estilo artistico: 
-Uso de conceitos de publicidade em suas obras de artes plásticas;
-Com uso de tintas acrílicas, reforça nas cores fortes e brilhantes;
-Reprodução de rostos em série de personagens da época (Marlyn Monroe, Che Guevara, Elvis Presley, Liz Taylor  entre outras; 
-Uso da técnica de Serigrafia.

33.jpg

Andy Warhol: ícone transformou o comportamento fashionista.

Como se vestir, quais lugares frequentar e como expor suas ideias para o mundo é um conjunto que domina o que é Moda.
O Universo fashion é regido por comportamentos.

44.jpg

Principal articulador da Pop Art, Andy Warhol caminhou entre a Moda, o Cinema e as Artes Plásticas. Tornou-se conhecido  por sua pintura retratando rótulos da sopa “Campbells” que inspirou o famoso “ vestido Campbell” feito em papel por Andy na década de 60.

55.jpg

No universo fashionista seu trabalho virou eterno e criou uma relação íntima com a moda que dura até hoje.
Acima o estilista John Galliano faz uma referencia da sua obra.

66.jpg

Andy Warhol começou fazendo ilustrações especialmente para publicidade de uma marca de sapato. 
Ralf Simons usou exatamente uma dessas ilustrações para a bolsa DIOR em 2013.

77.jpg

Versace fez patchwork com suas obras em 1991

88.jpg

Donatela fez uma homenagem a Versace em 2018 fazendo uma releitura da coleção com Andy Warhol.

99.jpg

Come des Garçons lançou uma colab de camisetas, mochilas e tênis inspirados na arte de Andy Warhol.

1010.jpg

O estilista cearense Alysson Aragão lança sua coleção inspirada nas obras de Andy Warhol.

Fio_Laranja.png
naura.jpg

Roteiro Super Charmoso Para Quem Curte Vinho Branco:

De Koblenz até Trier pelo Rio Mosel

Por Naura Cox

11.jpg

O Vale do Rio Mosel 
O vale do Rio Mosel (Mosela em Português) se estende desde Trier - a cidade mais antiga da Alemanha até Koblenz onde desemboca no Rio Reno. Mas sua nascente fica na França e passa também por Luxemburgo.


Seu vale compreende uma região vinícola muito importante na Alemanha, especialmente quanto aos vinhos brancos.

22.jpg

A principal uva produzida na Região é o “RIESLING”, e quem gosta de espumante não deve deixar de degustar em restaurantes ou lojas SEKT que são abundantes na região.

 

Koblenz 
Minha sugestão é chegar por Frankfurt, pegar um trem ate Koblenz que fica no encontro dos Rios Reno e Mosel e de lá pega-se barco ou trem marginando o rio. Reserve 4 dias com calma para o roteiro do Mosel e vá parando nas pequenas cidades.

33.jpg

Koblenz 

A cidade é linda e é cercada por quatro montanhas baixas.Ela tem mais de 2000 anos e deve seu nome aos romanos que lá se instalaram 9 a.c


Koblenz é conhecida como a “esquina da Alemanha “pois como foi mencionado acima é o ponto de encontro do Rio Reno com o Rio Mosel .

44.jpg

Fortaleza de EHRENBREISTEIN  É uma das maiores do mundo. Ela fica do outro lado do Rio e para chegar chegar lá pegue um teleférico onde poderá ver uma paisagem maravilhosa de Koblenz.

55.jpg

Cochem

Pronuncia-se “ correm” .Cidade em estilo medieval maravilhosa para um pernoite. Banhada pelo Rio Mosel fica distante 55km de Koblenz. Nao deixe de ir ao Burg Eltz, castelo pertencente à família Von Eltz, desde os anos 1500. É um dos mais belos castelos medievais da Alemanha, fica a somente 30 km de Cochem.

77.jpg

Trier

Fundada em 17 a.c fica às margens do Rio Mosel, em uma bela região vinícola. Cidade de heranças romanas, também é importante Centro de Perigrinação já que o Manto Sagrado (túnica usada por Cristo) foi encontrado e até hoje está em exposição na Catedral.

Não deixem de visitar a porta Nigro  e as ruínas das termas!
Com tanta História claro que é tambem é Patrimônio da Unesco.

1010.jpg

Bem espero ter oferecido um roteiro especial saindo do eixo dos grandes centros. Não tem segredo na rota, é deixar-se levar e descer nas pequenas cidades, degustar um bom vinho e como se diz em alemão ! Gute Reise !!!

Lar.png

Roteiro Super Charmoso Para Quem Curte Vinho Branco:

De Koblenz até Trier pelo Rio Mosel

Por Naura Cox

naura.jpg

Abaporu e sua importância

para a arte brasileira

Por Naura Cox

O que seria apenas um presente de aniversário de uma artista para seu marido acabou transcendendo qualquer relacionamento para se tornar um dos quadros mais famosos do Brasil - e, certamente, o mais valioso. Vejam também como esta arte influenciou nas artes Brasileiras e até na moda na coluna de Naura Cox.

11.jpg

É uma clássica pintura do Modernismo Brasileiro da artista TARSILA DO AMARAL. O nome da obra é de origem Tupi-Guarani  que significa HOMEM QUE COME GENTE .  Uma junção dos termos ABA ( homem) PORA( gente) e

U (comer).

 

A tela foi pintada por Tarsila do Amaral em 1928 e oferecida ao seu marido  o escritor OSWALDO DE ANDRADE.

22.jpg

O quadro apresenta uma figura solitária, monstruosa, pés imensos, sentada em uma superfície verde, o braço dobrado no joelho, a mão sustentando uma cabecinha minúscula. Em frente  um cactus explodindo em uma flor imensa, o céu azul e o sol amarelo, entre a figura e o cactus de cor esverdeado. Estas cores parecem remeter intencionalmente as cores da Bandeira brasileira.


ABAPURU é uma pintura de 85 cm de altura por 73 cm de largura.E considerado o “Símbolo do Movimento Modernista Brasileiro”( inaugura o Movimento Antropofágico nas Artes Plásticas).

33.jpg

Alguns críticos sugerem que ABAPURU seria uma releitura de “O PENSADOR“ do Rodin. 


Releitura de Homero Brito da ABAPURU

44.jpg

O ABAPURU teve grande influência em vários artistas brasileiros. ROMERO BRITO pintor Pernambucano (Recife) estabelecido em Miami fez esta magnífica releitura do quadro de Tarsila do Amaral ABAPURU.

55.jpg

O quadro ABAPURU foi vendido no ano de 1995 para o argentino EDUARDO CONSTANTNO por 1.5 milhões de dólares e encontra-se  exposto no MALBA (museu de arte latino-americana de Burnos Aires).
É o quadro mais importante  já produzido no Brasíl.

 

Arte influenciando a moda 

66.jpg

OSCAR METSAVAHT segue estreitando os laços entre ARTE E MODA. Para criar a coleção de verão de 2018, a equipe da OSKLEN teve aula sobre a obra de Tarsila do Amaral  com “ Tarsilinha” sobrinha-neta da Artista

77.jpg

O resultado : a perfeita sintonia entre os excessos do Tropicalismo da época e a sofisticação da praia urbana com Ipanema soul.

88.jpg

O desfile do São Paulo Fashion Week foi repleto de vestidos , saias e chemises inspirados em telas da pintora TARSILA Do Amaral inspirados em telas como: ABAPURU, CIDADE e ANTROPOLOGIA.

99.jpg

Agora aproveitem e pesquisem sobre a vida desta pintora maravilhosa que tanto contribuiu para o engrandecimento da Arte Brasileira. 

1dcb917e20364d1293909d82814fc35b.png
naura.jpg

    Biografia em Fotos da

Estilista Fernanda Franco

Por Naura Cox

11.jpg

A paixão pela  moda iniciou aos 15 anos quando começou a trabalhar no  Atelier de sua mãe. Formou-se em Estilismo na Faculdade Marista.

22.jpg

Fez pós graduação em Paris na Esmod considerada uma das melhores na área de Modelagem e Moulagem. Ela escolheu moulagem pois queria fazer alta costura.

33.jpg

Em 2016 foi morar em Montreal (Canadá) e foi trabalhar com Jean Francois Rochefort  que fazia as fantasias da Disney e Cirque du Soleil.

 

Cirque du Soleil

44.jpg

Foi transferida para a ala que criava as fantasias do Cirque du Soleil.

 

La Nounce Couture

Trabalhou no atelier da Estilista Nancy Majsmann cujo atelier recebia as mulheres mais chics de Montreal e foi a responsável pelo vestido de noiva da mulher do Primeiro Ministro Justin Trudeau.

Sophie Trudeau mulher do primeiro ministro do Canadá.

 

Criações 

77.jpg
Lar.png
naura.jpg

“Blenheim Palace:
Patrimônio da Unesco e lar da família Spencer-Churchill“

Por Naura Cox

11.jpg

Para quem gosta de Palácios e História , uma ótima opção de “day trip” partindo de Londres .Este palácio está localizado a uma curta distância do vilarejo de Woodstock e muito próximo de Oxford.

22.jpg

O Palácio de Blenheim foi um presente da Rainha Ana para John Churchill ( primer Duque de Marlborough) por sua vitória na Batalha de Blenheim em 1704. Ele comandou as forças aliadas para defender a Holanda contra os franceses, e foi considerado herói nacional.

33.jpg

Ao planejar Blenheim o objetivo do arquiteto Sir John Vanbrugh era desenhar a morada de um herói nacional.
Vanbrugh utilizou na a sua construção toda a ornamentação , simbologia e dramatismo do estilo Barroco , segundo as convenções da época quanto a simetria e formalismo.

44.jpg

A torre do Relógio tem símbolos marciais diante do pórtico: os leões ingleses atacam os galos franceses.

Os maravilhosos jardins no meio de um incrível parque verdejante são um espetáculo à parte.

77.jpg

Sir Winston Churchill

88.jpg

Nasceu no Palácio de Blenheim em 30 de novembro de 1874 .

99.jpg

Herói Nacional , ocupou um lugar no parlamento a partir de 1900 e vários postos ministeriais durante os seguintes 55 anos.

Era escritor e Pintor!começou a pintar aos 41 anos
Acima uma de suas pinturas tendo como inspiração o Blenheim Palace.

1212.jpg

Foi Primeiro Ministro da Grã-Bretanha desde 1940 a 1945 e de 1951 a 1955.

1313.jpg

“Tomei duas decisões de grande importância em Blenheim “Nascer e Casar”. Estou muito satisfeito com ambos”
Winston Churchill

Lar.png

Tendências da Moda Primavera verão 2022

Vitrines de Londres

Por Naura Cox

Cores

11.jpg

As cores costumam fazer parte das estações mais quentes .E é claro que após um tempo tão cinza como o dessa pandemia , colorir os looks são quase uma exigência para a moda Primavera Verão 2022. As cores que irão dominar são: Verde Limão, laranja, violeta, ouro e Orchid Flower (um rosa vibrante).

Brilho

As tendências tiveram uma influência que vem dos anos 70 e 80. E dentro desse contexto, o brilho se encontra muito presente.


Na moda Primavera Verão um luxo em um dia de festa ou seja em um happy hour com as amigas. As ruas estarão recheadas de peças com muito brilho, paêtes, lurex e tecidos metalizadas a luz do dia.

Mangas bufantes

44.jpg

Mangas bufantes febre dos anos 80 que já foram tendências nestes 3 últimos anos. Voltaram em 2020 continuaram em 2021, e agora vão estar muito fortes entre as tendências da Primavera Verão 2022.

 

Além das mangas bufantes  tradicionais , serão encontradas ombreiras mais pontiagudas.

Calças mais soltas

55.jpg

As calças Skynny se tornaram ultrapassadas para o momento e a nova tendência são calças mais soltinhas.

Tops e corpetes

O Top cropped, vem mais curto ainda as vezes tipo faixa. Pode ser usado em sobreposição, sendo aliado a outra tendência.


Os espartilhos vieram no inverno sobrepostos, mas agora ele surge de forma mais sexy e renovada.

Color block, micro saias de cintura baixa, crochê

1515.jpg
1616.jpg

Deu Branco 

Se você é minimalista e não se convenceu com o  color block , saiba que o look Branco  da cabeça aos pés apareceu nos desfiles como Hermès , Valentino , Fendi e Chloé .Só para citar alguns.

1414.jpg

Primavera-verão 2022 do Moschino

1515.jpg

Um look de verão de Kate Middleton!